Rollemberg participa de mobilização contra a dengue e a febre chikungunya

Foto: Tony Winston

Evento em Valparaíso de Goiás marcou Dia D de combate às doenças

Valparaíso de Goiás foi o ponto de partida escolhido para reforçar uma campanha nacional de combate aos mosquitos transmissores da dengue e da febre chikungunya. Ao lado do ministro da Saúde, Arthur Chioro, da prefeita da cidade, Lucimar Conceição do Nascimento, e de representantes das secretarias de Saúde do DF e de Goiás, o governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, esteve no município goiano, neste sábado (7), para participar de evento que marcou o Dia D de mobilização contra essas doenças.

Rollemberg e os integrantes da comitiva visitaram a Unidade de Saúde Básica local, casas de moradores que estão empenhados no combate aos mosquitos e conversaram com a população para reforçar o conhecimento dos métodos de prevenção. "Nós precisamos atuar em conjunto. Todas as ações devem ser articuladas, para que possamos montar um protocolo de atuação na prevenção e no tratamento", enfatizou o governador do DF.

O ministro Chioro reforçou a necessidade de se manter vigilância constante e disse que essa postura é um dever de toda a população. "É fundamental limpar as calhas, esvaziar os pratinhos, virar as garrafas de cabeça para baixo e cuidar para que os recipientes não sirvam como criadouros do mosquito", exemplificou.

Segundo dados do Ministério da Saúde, enquanto os casos de dengue subiram 57% em todo o Brasil, em janeiro, o DF teve redução de 79% em comparação ao mesmo período do ano passado. O Distrito Federal registrou 129 casos, contra 631 de 2014.

Plano de Ação Integrada - Na quarta-feira (11), a Secretaria de Saúde do DF vai lançar, em Planaltina, o Plano de Ação Integrada para a minimização dos efeitos da dengue e da febre chikungunya. "A vigilância precisa ser permanente. Não podemos nos preocupar com essas doenças apenas em determinados períodos, tem que ser durante todo o ano", alertou o secretário João Batista de Sousa. "Não estamos mais falando de epidemia, já passou a ser uma endemia."

Veja dicas de prevenção da Secretaria de Saúde do DF para evitar focos dos mosquitos transmissores das doenças. 

Fonte: AGÊNCIA BRASÍLIA
Google Plus

Por Movimento dos Comunicadores do Brasil

DF 24 Horas

0 comentários DF24HORAS:

Postar um comentário