Brasília é oficializada como capital mundial da água

Em 2018, cidade será a primeira do Hemisfério Sul a sediar fórum global. Sétima edição do encontro terminou nesta sexta-feira (17), na Coreia do Sul

Terminou na madrugada desta sexta-feira (17), na Coreia do Sul, o 7º Fórum Mundial da Água. Com o fim do encontro, Brasília foi oficializada como capital mundial da água, já que a cidade será sede da oitava edição do evento, em 2018. "Agora é o momento de mobilizarmos a população sobre a relevância do tema, para que sejamos referência nacional e mundial na utilização da água", comentou o governador Rodrigo Rollemberg.

O chefe do Executivo local ressaltou que as expectativas para o fórum em Brasília são as melhores: "Receberemos mais de 50 mil pessoas, entre representantes da sociedade civil, chefes de estado e comunidade científica. Será um evento espetacular". Desde 1997, o Fórum Mundial da Água ocorre a cada três anos e é organizado pelo Conselho Mundial da Água em parceria com o país e a cidade anfitriões. O Brasil será o primeiro país do Hemisfério Sul a receber o evento.

A delegação de Brasília na Coreia do Sul foi composta por oito pessoas: o presidente da Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do DF (Adasa), Vinícius Benevides, um diretor e quatro técnicos do órgão; a presidente da Câmara Legislativa, deputada distrital Celina Leão (PDT); e o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação do DF, Paulo Salles, que representou o governador.
Google Plus

Por Movimento dos Comunicadores do Brasil

DF 24 Horas

0 comentários DF24HORAS:

Postar um comentário