ECONOMIA: Projeto de lei quer cesta básica mais barata no DF

Baixar o ICMS para os itens da cesta básica e garantir que a população tenha produtos mais baratos para sua alimentação. Este é o projeto de lei protocolado pela vice-presidente da Câmara Legislativa, deputada distrital Liliane Roriz na última semana.


Caso seja aprovado e vire lei, o arroz, o feijão, macarrão, espaguete, óleo de soja, a farinha de mandioca e de trigo, o açúcar e a carne bovina, bufalina, caprina, ovina, suína, bem como as carnes resultantes do abate, ficarão mais baratas.

“Em meio a esse turbilhão de aumentos de impostos que os governos federal e local promoveram para a população, qualquer preço que fique mais barato, já ajuda. Principalmente em relação à alimentação, pois com contas mais altas, acredito que muita gente vai ter que abrir mão de alguma coisa para manter suas contas em dia. E não podemos permitir que seja justamente na hora de se alimentar que a população tenha que abrir mão de algum item”, explica a deputada Liliane Roriz.

A distrital lembra, ainda que recentemente, o GDF conseguiu aprovar o aumento de vários impostos no “Pacote de Medidas Tributárias” enviado à Câmara Legislativa. “Porém, vimos aumento de ITBI, aumento para o IPVA, aumento do óleo diesel e da gasolina, mas a prometida redução da carga tributária caiu no esquecimento”, criticou.

No texto do PL, Liliane justifica também que há muito tempo o setor de alimentação, principalmente o atacadista, se vê em meio a concorrência desleal dos estados vizinhos que praticam preços mais competitivos.


Fonte: Redação.
Google Plus

Por Movimento dos Comunicadores do Brasil

DF 24 Horas

0 comentários DF24HORAS:

Postar um comentário