ÍNDICE: Inflação cai no Distrito Federal em abril

O índice ficou 0,33 ponto percentual menor do que em março. Um dos produtos que tiveram queda no preço foi a batata inglesa — quase 20% mais barata



Foto: Olivar de Matos.

O presidente da Codeplan, Lúcio Rennó, o diretor de estudos e pesquisas socioeconômicas, Bruno de Oliveira, e o gerente de estudos e contas da Codeplan, Jusçanio Souza



A inflação em Brasília ficou em 0,85% em abril — 0,33 ponto percentual menor do que a registrada em março, de 1,18%. É o que mostra o Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA), produzido pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Os números foram apresentados pela Companhia de Planejamento do Distrito Federal (Codeplan) nesta segunda-feira (11).

A análise da Codeplan, com base nos dados coletados pelo IBGE, revela que tubérculos, raízes e legumes ficaram 3,37% mais baratos, com destaque para a batata inglesa, que caiu 18,34%. Também houve queda de preços em lentes de óculos e no etanol.

A maior elevação mensal de preços ocorreu nos grupos transporte, com variação de 1,63%, saúde e cuidados pessoais (1,22%) e vestuário (1,14%). Os aumentos nas passagens interestaduais e nas aéreas refletiram na alta do primeiro grupo. Os medicamentos tiveram maior impacto no segundo, e os preços das calças compridas e dos agasalhos masculinos elevaram o índice do terceiro.

Se levados em conta os pesos de cada grupo, as principais contribuições para o resultado geral do mês foram em alimentação e bebidas, com 0,22% de aumento, transportes (0,20%) e habitação (0,16%). Os três setores são responsáveis por 57,42% do índice.

Média nacional
Os números de abril mostram que a inflação no DF foi maior que a média nacional, que registrou 0,71% no mês. Mesmo assim, o acumulado nos últimos 12 meses no Distrito Federal, 7,42%, e no ano, 3,44%, ficam abaixo dos 8,17% e 4,56%, respectivamente, registrados pelo IPCA nacional.

Preços no atacado
Também divulgado hoje, o Índice Ceasa do Distrito Federal (ICDF), que acompanha os preços no mercado atacadista, subiu 2,71% em abril, comparado ao mês anterior.

O setor de frutas apresentou alta de 2,41%; o de legumes, de 3,33%. Os dois grupos são responsáveis por 91% da composição final do índice, que monitora os preços de 66 itens de hortifrutigranjeiros. As verduras também tiveram aumento de 5,45%. O setor de ovos e grãos registrou queda de 6,07% nos preços.

Fonte: Redação.
Google Plus

Por Paulo Roberto Melo

DF 24 Horas

0 comentários DF24HORAS:

Postar um comentário