Greve de merendeiros e encarregados de limpeza de escolas públicas chega ao fim

Secretaria de Educação fez o repasse às terceirizadas na sexta-feira (11), e as últimas três empresas pagaram os funcionários nesta quinta (17)

Foi encerrada nesta quinta-feira (17) a greve de merendeiros e encarregados de limpeza de escolas públicas. A categoria cruzou os braços na segunda (14), reivindicando o pagamento de salários e benefícios referentes a agosto. Na sexta (11), a Secretaria de Educação repassou R$ 23.147.068,74 às três empresas de serviços de merendas escolares e às cinco de limpeza que têm contrato com o governo. As terceirizadas terminaram de pagar os funcionários hoje.

Segundo o Sindicato dos Empregados em Empresas de Asseio, Conservação, Trabalho Temporário, Prestação de Serviço e Serviços Terceirizáveis no Distrito Federal (Sindiserviços-DF), três empresas ainda não haviam quitado as dívidas com os trabalhadores até a quarta-feira (16). A companhia G & E Serviços Terceirizados e a Juiz de Fora Serviços Gerais não tinham pago o tíquete-alimentação e o vale-transporte, e a Real JG devia salário e benefícios. Os vencimentos que faltavam caíram na conta dos funcionários nesta manhã.

O Sindiserviços informou que cerca de 3 mil trabalhadores aderiram à paralisação. De acordo com a Secretaria de Educação, as aulas na rede pública não foram afetadas.

Fonte: Redação.
Google Plus

Por Movimento dos Comunicadores do Brasil

DF 24 Horas

0 comentários DF24HORAS:

Postar um comentário