Clipping 08/06/2016

Política

DIÁRIO DO PODER – Coluna do Cláudio Humberto

GOVERNO AINDA PAGA A EMPREITEIRAS DA LAVA JATO - As empreiteiras da Lava Jato, investigadas por roubar a Petrobras, continuam faturando na União. Desde janeiro e até esta segunda-feira (6), embolsaram R$662,6 milhões, de acordo com dados do Siafi, Sistema Integrado de Administração Financeira, aos quais esta coluna teve acesso. Só este ano a Odebrecht, campeã no assalto aos cofres públicos e cujo ex-presidente está preso, recebeu R$ 377,5 milhões, conforme constatou a ONG Contas Abertas. 

ASSIM É MOLE - A empreiteira Queiroz Galvão S/A, cujos executivos foram condenados por corrupção, levou do Tesouro Nacional R$133 milhões, só este ano. 

TUDO COMO ANTES - A Mendes Júnior, outra empreiteira cujo ex-presidente foi preso e até condenado na Lava Jato, já faturou R$ 101 milhões somente em 2016. 

DINHEIRODUTO - Também receberam pagamentos a Galvão Engenharia (R$21 milhões), a Engevix (R$15 milhões) e a Camargo Corrêa (R$3 milhões). 

EM RECUPERAÇÃO - A OAS, outra cujo presidente executivo foi preso e fez acordo de delação, levou do governo R$890 mil até o dia 6 de junho neste ano. 

CAIXA FLERTA COM A FALÊNCIA, APÓS GOVERNOS DO PT - O governo Michel Temer encontrou o caixa da Caixa dramaticamente afetado pelo aparelhamento do PT. Agora, só uma injeção de R$ 25 bilhões, no prazo de 12 a 18 meses, salvará a Caixa da falência, dizem especialistas. Além de negócios suspeitos, corrupção e uso das suas reservas nas criminosas pedaladas, a Caixa padece de inchaço, com dirigentes dos quais se exigia, no “currículo”, ser petista de carteirinha. 

BOQUINHAS MIL - A Caixa tem presidente, 12 vices e 19 diretores e boquinhas mil: antes era um superintendente para cada Estado, hoje são 70 em todo o País. 

SAQUES ‘FRAUDULENTOS’ - Mais R$29,8 milhões sumiram dos cofres da Caixa, nos primeiros três meses de 2016. A explicação oficial: “saques fraudulentos”. Ah, bom. 

O QUE FAZIAM NA CAIXA - Por ordem de Lula, a Caixa bancou o estádio e deu patrocínio de R$40 milhões ao Corinthians para repatriar Pato, jogador que virou um mico.

DEPUTADO JANOT - Admiradores de Rodrigo Janot dão como certo seu ingresso na política. A ideia seria se aposentar, após sair da PGR, e em 2018 candidatar-se a deputado federal. Mas a meta seria o governo de Minas, em 2022. Amigos próximos de Janot se recusam a acreditar nessa possibilidade. 

JAPONÊS NA PORTA - Lula anda meio borocoxô porque acha inevitável seu encontro com o Japonês da Federal. Uma das razões é a confirmação do empreiteiro Léo Pinheiro (OAS) de que o apartamento do Guarujá é mesmo dele. 

VICIADOS NAS TETAS - Serviços de inteligência descobriram que o PT, CUT e MST planejam invadir o aeroporto do Recife, na visita do presidente Michel Temer, dia 14, para protestar contra “cortes em programas sociais”. É que secou o dinheiroduto que bancava os “mortadelas”, nas manifestações petistas. 

BANCADA ‘FLEX’ - Senadores em cima do muro, em relação ao impeachment, tem sido chamados nas rodas políticas do Congresso de “senadores flex”. Eles seriam, por assim dizer, “flexíveis”. 

PAÍS RICO É ASSIM - Já são 127 os ex-auxiliares de Dilma agarrados às boquinhas da “quarentena”, concedidas gentilmente pela Comissão de Ética Pública nomeada por Dilma. Ficam sem trabalhar e ganhando os ricos salários. 

A GENTE É QUEM PAGA - Os 513 deputados federais gastaram, de janeiro a maio, R$9,27 milhões com passagens aéreas. Toda a dinheirama foi ressarcida pela verba denominada “Cota para o Exercício da Atividade Parlamentar”. 

O SUPLENTE - O inferno astral de Renan Calheiros fez Brasília perguntar quem é seu primeiro suplente. Trata-se de Fábio Farias, político muito querido em Alagoas e chefe do Gabinete Civil do governo de Renan Filho. 

CONTE AÍ, MINISTRO - O líder do Psol, Ivan Valente, quer convocar o ministro Torquato Jardim (Transparência) para explicar por que acha partidos “centrais de negócios” que agem “em nome da corrupção e safadeza”. 

PERGUNTA NA FEDERAL - O procurador-geral Rodrigo Janot vai pedir cadeia também para Dilma, que até nomeou ministro no STJ para livrar ladrões da Lava Jato, segundo denúncia da própria PGR?


CB - O alvo é o PMDB
O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, mirou a cúpula do PMDB. Ele pediu ao ministro Teori Zavascki, relator dos procedimentos relativos à Operação Lava-Jato na Corte, a prisão do presidente do Senado, Renan Calheiros; do senador Romero Jucá; do presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha; e do ex-presidente da República José Sarney. Nos pedidos, encaminhados há mais de uma semana com base, sobretudo, em gravações feitas pelo ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado, o procurador-geral utiliza como justificativa a tentativa de obstrução dos trabalhos da Justiça e, no caso de Cunha, do Conselho de Ética da Câmara dos Deputados.


METRÓPOLES - Japonês da Polícia Federal é preso em Curitiba
O mandado foi expedido pela Vara de Execução Penal Justiça Federal de Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná. Ele é alvo de duas investigações. Uma de contrabando e outra da Lava Jato. Personagem da Lava Jato, o agente federal Newton Ishii, chamado de Japonês da Federal, foi preso na terça-feira (7/6) em Curitiba (PR). O mandado foi expedido pela Vara de Execução Penal Justiça Federal de Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná.

Ele é acusado de corrupção por facilitar a entrada de contrabando no país pela fronteira com o Paraguai e está sendo investigado pela Operação Sucuri, já tendo sido inclusive preso. O caso tramita sob segredo de Justiça. As investigações mostraram que os agentes facilitavam a passagens de produtos pela fronteira com o Paraguai, em Foz do Iguaçu, no oeste do Paraná.

CB - Planalto aciona o sinal de alerta
O governo está assustado com os desdobramentos da decisão do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, de pedir a prisão do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL); do senador Romero Jucá; do presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ); e do ex-senador José Sarney (PMDB-AP). A maior preocupação é quanto à possibilidade de paralisações em votações de interesse do governo, com as propostas econômicas, especialmente se algo de concreto acontecer com Renan. Ainda que seja um mero afastamento do cargo.

CB - Políticos se dizem "perplexos e indignados"
Os quatro políticos da cúpula do PMDB publicaram notas oficiais para rebater o pedido de prisão feito pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot. Todos classificaram de “absurda” a tentativa de prendê-los. O ex-presidente da República José Sarney inicia o comunicado alegando que está “perplexo, indignado e revoltado”.

CB - Ministro critica vazamento
O ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes criticou o vazamento do pedido de prisão de quatro integrantes da cúpula do PMDB: o ex-presidente José Sarney; o presidente do Senado, Renan Calheiros (AL); o presidente afastado da Câmara, Eduardo Cunha (RJ); e o ex-ministro Romero Jucá. “Não se pode brincar com esse tipo de coisa”, disse ele. “Tem-se um processo oculto, pede-se sigilo, mas divulga-se para a imprensa. Isso é algo grave, não se pode cometer esse tipo de coisa. Isso é uma brincadeira com o Supremo. É preciso repudiar isso de maneira muito clara.”

CB - Apreensão no Congresso
A notícia dos pedidos de prisão da cúpula do PMDB levou apreensão ao Congresso Nacional. Mas, se em relação a Eduardo Cunha, o pedido serviu para aumentar o coro contrário ao peemedebista, no Senado, a posição dos parlamentares foi de maior cautela com relação aos colegas.

CB - Manobras na reta final do processo contra Cunha
A votação do parecer pela cassação do presidente afastado da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha (PMDB-RJ), prevista para ontem, foi alvo de dupla postergação e não ocorrerá mais hoje. A sessão deve ficar para a próxima semana. Nesta terça-feira, durante reunião do colegiado, prestes a sofrer uma derrota, o relator do processo, deputado Marcos Rogério (DEM-RO), usou uma prerrogativa regimental e pediu ao presidente do colegiado, José Carlos Araújo (PR-BA), “mais tempo” para estudar o voto em separado apresentado pelo deputado João Carlos Bacelar (PR-BA). À noite, porém, ao perceber a possibilidade de vitória dos aliados de Cunha, Araújo cancelou a votação que ocorreria hoje.

CB - Bate-boca e troca de xingamentos
A sessão do Conselho de Ética que analisa o processo por quebra de decoro parlamentar do presidente afastado da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, foi palco de embates tensos na manhã de ontem. Os deputados Wladimir Costa (SD-BA) e Zé Geraldo (PT-PA) trocaram farpas e se chamaram de “vagabundo”, “safado” e “patife”, entre outros. Costa é contra a cassação do peemedebista, enquanto o petista é a favor.

CB - COLUNA Brasília-DF
ONDE APERTA O SAPATO - Com o impeachment em tramitação e a série de medidas de correção da economia em pauta, tudo o que o governo Michel Temer não desejava neste momento era instabilidade no Senado. E, na hipótese de o Supremo Tribunal Federal ordenar a prisão de dois senadores, ou pedir o afastamento de Renan Calheiros (PMDB-AL) da Presidência da Casa, a instabilidade será inevitável e um risco para o presidente interino. Embora os cálculos indiquem um número seguro para aprovar o afastamento definitivo de Dilma Rousseff, há um receio de que a saída de Renan Calheiros atrase a tramitação de propostas importantes na área econômica, justamente aquelas que o governo Temer tem pressa. Quanto ao impeachment, quem cuida é o presidente do STF, Ricardo Lewandowski.

» » » No caso das matérias importantes, a avaliação no Planalto é a de que Renan não faltou até agora a nenhum dos governos, nem o de Dilma nem o de Temer. Hoje, por exemplo, reunirá 14 governadores para discutir a continuidade do pacote que trata, desde o ano passado, com os dirigentes estaduais. Já o petista Jorge Viana (AC), o primeiro vice-presidente, é uma incógnita. Aliás, alguns ironizavam: “O destino de Renan parece ser freguês dos Vianas”. “Em 2007, quando ele foi obrigado a renunciar ao cargo, o vice-presidente era o Tião Viana. Hoje é o irmão, Jorge.”

ERRO CAPITAL - Entre os senadores aliados de Renan, há quem diga que a Casa errou ao concordar com a prisão do então líder do governo, Delcídio do Amaral. Agora, terá dificuldades para mostrar ao cidadão comum diferenças entre o caso de Delcídio e o dos senadores peemedebistas. Na visão dos aliados de Renan, o petista tramava a fuga de um presidiário, enquanto os dois peemedebistas teceram comentários, sem deixar claro ações para travar a investigação.

ENQUANTO ISSO, NA CÂMARA…O semblante dos aliados de Eduardo Cunha ontem no fim do dia dava a entender que o adiamento da votação no Conselho de Ética favorece a aprovação do relatório pela cassação. Se fosse ontem, Cunha sairia no lucro. A partir de hoje, a pressão sobre os deputados será maior.

ABERTA A TEMPORADA DAS PESQUISAS - Michel Temer vai começar a viajar o país este mês, justamente quando devem sair as primeiras pesquisas de opinião sobre seu governo. Hoje, tem a da Confederação Nacional do Transporte. A da Confederação Nacional da Indústria (CNI-Ibope) já está em campo. No final do mês, será a vez do Datafolha. 

JUDICIÁRIO EM SUSPENSE - Os mesmos eleitores que entopem as redes sociais dos senadores com mensagens pró-impeachment, agora começam a pedir que não aprovem o reajuste do Poder Judiciário. Os servidores da Justiça prometem ampliar a mobilização a favor.

SARNEY NO ESCURO/ Faltou luz ontem à tarde na casa do ex-presidente José Sarney (foto), por causa de reparos na rede da rua em que ele mora, no Lago Sul. Ficou sem poder carregar o celular nem usar o computador. Do alto de seus 86 anos, era o mais indignado com o pedido de Janot.

JEITÃO/ No plenário, Renan Calheiros manteve a fleuma, mas Romero Jucá estava abalado. Quanto a Eduardo Cunha, estava irado, pois o vazamento do pedido de prisão ocorreu justamente no dia da votação do parecer que pede a cassação de seu mandato. 

DOIS PESOS/ Os mesmos senadores petistas que aplaudiram Henrique Meirelles como presidente do Banco Central no governo Lula ontem criticavam a chegada de Ilan Goldfajn ao comando do BC. Reclamaram que alguém que vem da iniciativa privada não pode assumir o cargo. Meirelles, antes do BC, era do Bank Boston.

NEM TUDO É CRISE/ A Embaixada da França abre suas portas, às 8h30, da manhã de hoje para entregar a insígnia de “Chevalier do Mérite Agricole” a Jacyr Costa Filho, diretor brasileiro da Tereos, terceira maior produtora de açúcar do mundo. Vários parlamentares confirmaram presença. É o momento relax do dia. 

Brasília
METRÓPOLES - Paulo Octávio sofre a segunda derrota no STJ em duas semanas

Ex-vice-governador do DF teve recurso especial rejeitado pela Primeira Turma da Corte. Defesa dele pedia a anulação da decisão do TJDFT que acolheu recebimento da denúncia de ação por improbidade administrativa. Duas semanas após sofrer uma derrota na Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), onde tentou anular o processo relativo ao Mensalão do DEM, desmantelado com a Operação Caixa de Pandora, o ex-vice-governador do Distrito Federal Paulo Octávio perdeu mais uma vez na Corte. Em julgamento de recurso especial, a Primeira Turma do STJ manteve, nesta terça-feira (7/6), a decisão do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) sobre o recebimento da denúncia de ação por improbidade administrativa, na qual ele é réu.

A ação apura suposta contratação irregular de empresa de tecnologia e telecomunicações durante a gestão José Roberto Arruda (2007-2010). A defesa de Paulo Octávio alegou ausência de fundamentação para o recebimento da denúncia, apurada no âmbito da Caixa de Pandora.


METRÓPOLES - Escola de Música ganha faixa de pedestre em forma de piano

Para inaugurar a sinalização, o Detran-DF promove uma ação educativa nesta quarta-feira (8/6), das 10h às 14h, na 602 Sul. Uma faixa de pedestre que reproduz um teclado de piano tem chamado a atenção de quem passa pela quadra 602 Sul, na L2, em frente à Escola de Música de Brasília (EMB). A iniciativa veio da própria escola, que solicitou ao Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF) a instalação da passarela diferenciada para homenagear a capital, referência nacional no respeito à faixa de pedestres.

Para inaugurar a sinalização, que foi apelidada de piano-faixa, o Detran-DF promove uma ação educativa nesta quarta-feira (8/6), das 10h às 14h, no local. De acordo com o órgão, a instalação da faixa se justifica pelo “intenso fluxo de veículos e de pessoas que circulam diariamente em frente à Escola de Música”.


CB - Mais infrações, mais chances de acidente
Das seis infrações de trânsito mais flagradas este ano no Distrito Federal, metade são apontadas como algumas das principais causas de morte nas vias no mundo inteiro, segundo pesquisas de segurança: o excesso de velocidade, a falta do cinto de segurança e o uso celular ao volante. Os dados a que o Correio teve acesso revelam que somente no primeiro trimestre de 2016 houve 509.449 registros de velocidade acima da permitida; 32.126 episódios em que motoristas ou passageiros dispensaram o cinto e 12.411 casos em que o condutor falava ao telefone.

Vigiar e punir o morador do Núcleo Bandeirante, o taxista Antônio Rodrigues Marques, 66 anos, se considera cauteloso, mas ainda assim não escapa das multas por excesso de velocidade. “Em Brasília, existem muitas alterações repentinas de velocidade, então, temos que ter muita atenção.” Sobre o aumento do valor, ele discorda. “Acho o aumento absurdo. Nós, taxistas, já estamos passando por uma crise devido à diminuição do movimento do serviço. Esse aumento prejudicará a nossa categoria ainda mais.”

CB – Agressões e mais protestos
Estudantes em busca de melhorias no Passe Livre prometem continuar hoje com os protestos na Rodoviária do Plano Piloto. Após invadirem o posto do DFTrans pela segunda vez em um mês, jovens foram retirados pela polícia. Na confusão, dois adolescentes acabaram apreendidos. O grupo Estudantes Sem Catraca, responsável pela mobilização, retornou ao local à noite para um ato realizado na plataforma inferior do terminal. A Polícia Militar impediu que eles tentassem ocupar a unidade de atendimento outra vez.

CB – Duas mortes nas vias do Distrito Federal
Ao sair de casa ontem, a empregada doméstica Neusa Pinto Rodrigues, 52 anos, fez uma oração e pediu que tivesse mais um dia de trabalho tranquilo. Saiu com a irmã, Maria Madalena Pinto Rodrigues, 44, mas não chegou ao local. Antes, por volta das 7h20, Neusa morreu atropelada por um carro, ao atravessar a pista de acesso à tesourinha da 103 Norte, fora da faixa de pedestres. Equipes do Corpo de Bombeiros e do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) chegaram para tentar reanimar a vítima, mas ela sofreu traumatismo craniano e morreu na hora, com o impacto da colisão. De acordo com informações da Polícia Civil, a motorista do carro que atropelou a doméstica dirigia para acessar o Eixo L e estava na velocidade da via. Após o acidente, ao perceber que tinha atingido alguém, ela ficou em estado de choque.

METRÓPOLES - Menina que teria desaparecido diz que fugiu por sofrer maus-tratos
Em vídeo, adolescente de Taguatinga conta que apanhava e era ameaçada. Já a mãe afirma que a filha inventou a história, influenciada pelo namorado, maior de idade e fugitivo da polícia. No sábado (4/6), o Metrópoles mostrou o drama de Maria Martins à procura da filha que está desaparecida. Isabela Fernanda Martins, 15 anos, teria sumido há um mês, e a mãe até suspeitava de sequestro. Mas, nesta terça-feira (7), Isabela entrou em contato com a reportagem para dar a sua versão da história. Segundo a garota, ela teria fugido de casa, em Taguatinga, por ser ameaçada pela própria mãe.

Minha mãe está falando que eu fui sequestrada, mas não é verdade. Ela que começou a me bater, disse que ia colocar chumbinho na minha comida. De uns meses para cá, ela mudou e começou a me maltratar"

Isabela disse que não pretende voltar para casa e que seguirá fugindo até que outra pessoa tenha a sua guarda. A adolescente gravou um vídeo no qual relata os maus-tratos que diz sofrer na casa da mãe.

CB – Licitação aberta
Após sete anos, a Secretaria de Saúde retomou as licitações das três principais contratações da pasta: alimentação, segurança e limpeza. Até então, os serviços eram mantidos por meio de contratos emergenciais, artifício que exige mais recursos dos cofres públicos. Por ano, as atividades custam R$ 500 milhões. A intenção do Executivo local é economizar 20% em cada setor. O governo pretende, ainda, desenrolar os processos para a contratação de leitos de UTI, engenharia clínica (manutenção de equipamentos) e logística. Atualmente, apenas 20% dos 60 mil aparelhos da Secretaria de Saúde têm contrato de conservação.

CB – Justiça exige UTI pediátrica
Nos últimos dois anos, a capital federal perdeu unidades de tratamento intensivo (UTI) pediátricas e emergências infantis. Os hospitais particulares extinguiram esse tipo de assistência com a alegação de que as atividades deixaram de ser rentáveis. Duas instituições médicas cancelarem os serviços em abril. Ontem, a Advocacia-Geral da União (AGU) obteve liminar que assegura o funcionamento dos serviços nos hospitais Alvorada e Santa Luzia, ambos particulares. Outras unidades podem reativar o atendimento.

METRÓPOLES - DF não é obrigado a fornecer pílula do câncer a pacientes, diz Justiça 
“O DF não tem qualquer participação na obtenção da substância postulada. Tendo em vista que a causa de pedir e o pedido são direcionados apenas à USP”, disse o juiz

A 3ª Turma Cível do TJDFT manteve decisão que negou pedido de fornecimento da pílula do câncer ajuizado por paciente do SUS contra o Distrito Federal. Segundo o colegiado, “o DF não pode ser compelido a fornecer uma substância química que é produzida exclusivamente pela USP e que não está disponível para comercialização”.

Na ação, o autor afirmou que é portador do câncer de próstata, em fase de metástase extensa, com migração para outros órgãos vitais. Segundo ele, os tratamentos convencionais não surtiram os efeitos esperados, por isso procurou métodos alternativos para a doença, como o uso da substância fostoetanolamina sintética, conhecida como pílula do câncer.

CB – Comércio aposta nos namorados
Os empresários se preparam para o Dia dos Namorados, a quarta melhor data para o comércio. O Sindicato do Comércio Varejista (Sindivarejista) espera um aumento de 2% nas vendas em relação ao ano passado. Apesar da atual crise econômica, a expectativa é de que os consumidores utilizem o cartão de crédito para parcelar os presentes de valores mais altos. Entretanto, para muitos casais, este ano, a comemoração será simbólica.

CB – COLUNA Eixo capital
OS SEIS GRAMPEADOS - Depois do tablet apreendido pela Polícia Federal (PF) na casa de Valério Neves Campos, durante a Operação Vitória de Pirro, da Lava-Jato, tiram o sono de distritais rumores sobre comprometedoras gravações que teriam sido realizadas pelo ex-secretário-geral da Mesa Diretora da Câmara Legislativa. Algumas pessoas contam que já ouviram. Seriam conversas mantidas por Valério com seis deputados. Nos bastidores, o episódio foi apelidado de Little Jato.

EMERGÊNCIA POR CAUSA DA SECA - O governador Rodrigo Rollemberg (PSB) decretou estado de emergência nas áreas agrícolas do DF por conta da seca registrada entre janeiro e abril. O volume pluviométrico ficou bem abaixo do normal. A medida garante benefícios do GDF a produtores que tiveram prejuízo. 

UMA VOLTA NO UBER - Defensor do projeto de regulamentação do Uber na Câmara Legislativa, o deputado Professor Israel Batista (PV) fechou um compromisso com a presidente da Casa, Celina Leão (PPS), para colocar a matéria na pauta de votações em 21 de junho. Mas ele soube, por meio de integrantes do Executivo, que o texto pode retornar à Secretaria de Mobilidade para alterações. Se isso ocorrer, não haverá previsão para o retorno do debate.

LICENÇAS DEMAIS - Por mês, 5 mil dos 35 mil servidores da área de saúde, incluindo médicos, tiram licença remuneradas para tratamento. É um percentual considerado alto — 14%, que não se registra em empresas privadas. A Secretaria de Saúde parte do princípio de que os afastamentos são justificáveis. 

PARA ENCERRAR O CASO - O subprocurador-geral da República Edson Oliveira de Almeida pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) preferência para julgamento do último recurso impetrado pelos advogados do ex-senador Luiz Estevão contra a condenação de 26 anos de prisão pelo envolvimento nos desvios de recursos da obra do TRT de São Paulo. Estevão já cumpre a pena desde março, no Centro de Detenção Provisória (CDP). O objetivo do Ministério Público é encerrar o caso, com o trânsito em julgado do processo. O relator é o ministro Luiz Fachin.

PODE ISSO? O último recurso de Luiz Estevão pendente de julgamento no STF mostra o longo caminho do processo apenas na corte suprema: embargos de declaração nos agravos regimentais nos embargos de declaração no recurso extraordinário com agravo.

ORIXÁS QUEIMADOS - O deputado Cláudio Abrantes (Rede) apresentou projeto que declara a Praça dos Orixás, na Prainha, patrimônio cultural material do Distrito Federal, mas decidiu retirá-lo depois de constatar que a forma fere a Lei Orgânica do DF. Apenas o Executivo pode tomar tal providência. Por isso, o distrital vai trabalhar, por meio de uma indicação, pelo apoio do governo à matéria. Aposta que o GDF possa assumir a responsabilidade pelo local para mantê-lo nos padrões originais. O pedido é de representantes de religiões com matrizes africanas. É uma forma de proteção contra as constantes depredações.

PRIMAVERA EM BARCELONA - O secretário adjunto de Esporte, Turismo e Lazer, Jaime Recena, passou os últimos dias em Barcelona no evento “Primavera Sound”. Foi com diárias e passagem pagas pelo Governo do Distrito Federal. Mas, afinal, tem tudo a ver: a área dele é turismo e lazer.

DOAÇÃO - A Polícia Militar do DF vai doar 300 revólveres da marca Taurus, calibre 38, para a Agência da Guarda Civil Metropolitana de Goiânia. As armas estão encostadas. Não são mais usadas pelas forças de segurança do DF, que adotaram pistolas calibre 40. 

A Operação Lava-Jato pode ajudar a consertar os crimes de alguns corruptos, mas não vai colocar o Brasil nos rumos de um país sem corrupção. Um juiz pode prender um político corrupto, mas não elege um político honesto: essa tarefa é do eleitor" Senador Cristovam Buarque (PPS-DF), em artigo publicado ontem no Correio

CB - GUERRA DE GANGUES COMSUSPEITOS PRESOS
Policiais civis prenderam dois homens procurados por um homicídio praticado em 20 de dezembro. Os acusados foram capturados durante uma operação de combate a gangues em Planaltina. A dupla teria assassinado Rômulo Duarte em uma região conhecida como Bola 10. O crime ocorreu no dia do aniversário de Rômulo. Na mesma ação, investigadores apreenderam um adolescente acusado de ato infracional análogo a tentativa de homicídio. O garoto também é suspeito de integrar uma gangue do bairro Arapoanga. A ação que resultou na prisão e nas apreensões faz parte de um trabalho sistemático da 31ª Delegacia de Polícia, responsável pela região, para combater as gangues que competem por territórios na região administrativa.

CB - R$ 50 MIL FALSIFICADOS
Três homens foram presos na QNO 16, em Ceilândia, com R$ 50 mil em notas falsas (foto). O trio foi surpreendido quando seguia para Águas Lindas (GO) para vender parte do produto. Eles cobravam R$ 1 para cada três notas de R$ 50. O suposto comprador foi identificado, mas conseguiu fugir. As investigações não acabaram e seguem sob a responsabilidade da 26ª Delegacia de Polícia (Samambaia). A polícia ainda busca a origem do dinheiro. Agentes contaram com o apoio da Polícia Militar goiana para capturar os suspeitos. Investigadores acompanhavam o bando há algum tempo. Em depoimento, os bandidos admitiram que trabalhavam com moeda falsa há vários anos. Dois tinham passagem na Polícia Federal pelo crime. O delegado-chefe da 26ª DP, José Eduardo Galvão, autuou o grupo por crime de moeda falsa e associação criminosa.

CB - FOGO EM SUPERMERCADO
Um incêndio atingiu o depósito de um supermercado localizado às margens da Estrada Parque Taguatinga (EPTG), na madrugada de ontem. Segundo o Corpo de Bombeiros, o fogo ocorreu na câmara fria, que fica na parte superior do depósito. Ninguém se feriu. Ainda de acordo com a corporação, a equipe de militares conseguiu controlar as chamas em poucos minutos e também fez a ventilação do local para impedir a propagação do fogo e da fumaça para o restante do estabelecimento (foto). As causas do incêndio não foram identificadas e dependem da perícia. A corporação informou que oito veículos e 29 militares atuaram na ocorrência e utilizaram cerca de mil litros de água.

Jornal de Brasília - Caixa do Detran: Sobram multas e falta investimento
Sobram multas penalizando o bolso dos condutores e faltam campanhas educativas de trânsito no Distrito Federal. Sem a promoção da educação, motoristas, motociclistas, passageiros, ciclistas e pedestres viram passageiros da violência a cada quilômetro rodado. Na média dos últimos quatro anos, o Governo do Distrito Federal não chegou a aplicar em ações educativas sequer 4% do total arrecadado com as punições.

Jornal de Brasília – COLUNA DO HÉLIO DOYLE
POTENCIAL TURÍSTICO MUITO MAL APROVEITADO - Quando alguém convida um parente ou amigo para passar uns dias em sua casa, a primeira providência é, geralmente, arrumar a casa. Se você gosta dos visitantes, é importante recebê-los bem, agradá-los e animá-los a voltar.

Uma casa desarrumada, sem as comodidades básicas para quem a visita, com pessoas que o tratam mal, comida ruim e coisas assim fazem o hóspede querer ir embora logo e jamais voltar.

Simples e óbvio, claro. Qual a dificuldade, então, para que isso entre na cabeça dos responsáveis, públicos e privados, pelo desenvolvimento da atividade turística em Brasília?

BUSCA-SE UMA RESPOSTA - Brasília é a casa desarrumada que recebe muito mal os visitantes. O enorme potencial turístico que a cidade tem é inversamente proporcional ao tratamento que dá aos turistas. Potencial desperdiçado e que poderia estar contribuindo para aumentar a renda, a arrecadação e os empregos na cidade.

Os problemas que acontecem no Mané Garrincha a cada jogo ou espetáculo, e que não se limitam à segurança, são uma boa demonstração disso. Um grande estádio, até grande demais, que recebe mal os espectadores.

PENSAR PEQUENO NÃO LEVA LONGE - O turismo em Brasília tem sido tratado com visão estreita e limitada tanto pelas autoridades públicas como pelo setor privado. Não se pensa grande, em um plano estratégico que faça da capital federal, em determinado prazo, uma potência turística no país.

Pensa-se pequeno: como aumentar a lotação dos hoteis nos fins de semana, como incrementar os lucros de bares e restaurantes, como obter dividendos políticos e vantagens comerciais com eventos públicos, como atrair um congresso para o centro de convenções.

Cada segmento olha para si próprio e para o benefício imediato, e ninguém olha para o conjunto e para o futuro.

GOSTAR, RECOMENDAR E QUERER VOLTAR - Trazer turistas a Brasília é muito bom. Mas de nada adianta trazer visitantes que não recebem boa informação turística, que se sentem isolados em degradados e isolados setores hoteleiros – e que acabam nos shoppings ao lado como única opção –, que não sabem como se locomover na cidade, que pegam táxis com motoristas despreparados, que são mal atendidos em bares e restaurantes.

Os que nos visitam encontram monumentos malcuidados, muitas vezes prédios fechados, como o Teatro Nacional, ou com visitas limitadas. O ônibus de dois andares que circula pelos locais turísticos deve ser o pior de todo o mundo. Turista tem de gostar, recomendar e querer voltar. Do jeito que está, não vai gostar, nem recomendar ou querer voltar.

FALTAM PLANEJAMENTO E VISÃO DE FUTURO - Não tem sentido prático, assim, dar prioridade no momento a ações de marketing para atrair turistas. Não se trata de fechar as portas aos visitantes, naturalmente. Mas de estabelecer como prioridade a elaboração de um plano estratégico que englobe todas as medidas e ações necessárias para fazer de Brasília uma cidade realmente turística.

PECÚNIA É ASSALTO AOS COFRES PÚBLICOS - Servidores públicos que se consideram de esquerda defendem ardentemente a licença-prêmio e o pagamento em dinheiro quando ela não for gozada. Dizem que é um direito dos trabalhadores e uma compensação, ao se aposentarem, pelos anos trabalhados. A licença-prêmio, na verdade, é um privilégio de servidores públicos que já têm inúmeros outros em relação aos trabalhadores em empresas privadas. Entre as quais a estabilidade e a aposentadoria integral. O pagamento em dinheiro, em valores que chegam a R$ 300 mil e até mais, é mais que um privilégio. É um assalto aos cofres públicos, a apropriação privada de dinheiro que deveria beneficiar os setores mais pobres da população, os que mais precisam do Estado. Defender isso nada tem de esquerda.



BLOG DO ODIR - Um Passarinho Me Contou

...que algumas de nossas postagens serão mais as de um conselheiro do que de críticas ou algo do tipo. Se houver respostas este espaço estará aberto...

...que a deputada distrital Sandra Faraj foi a responsável por "cuidar" da Secretaria de Justiça. As indicações são de sua autoria. Então mãos à obra...

...que um dos maiores problemas da Pasta é o Na Hora. O de Sobradinho I será fechado na próxima semana deixando toda a comunidade na mão. Um absurdo!...

...que a parlamentar muito influente no Palácio do Buriti, podia fazer uma espécie de força tarefa, e resolver a situação. O Na hora é um relevante serviço....

...que o Na Hora é um dos melhores serviços da Secretaria de Justiça. Só que atual situação é deprimente e a comunidade perde com isso...

...que a força da deputada distrital Sandra Faraj ajudaria muito para o restabelecimento deste serviço. Os moradores não podem sair perdendo. Sandra ganharia pontos...

...que a história da gravação dos seis deputados distritais está deixando os nervos à flor da pele. O aviso foi dado pelo blog do Sombra. Na mosca e as pedras vão rolar...

...que o Palácio do Buriti não vê a hora dessas gravações serem divulgadas. A política do DF vai pegar fogo e não é pouco. Preparem a pipoca...

...que um vídeo da época da campanha viralizou nas redes sociais principalmente no Whatsapp. Só o nosso blog recebeu o mesmo vídeo 180 vezes...

...que o vídeo é de 2014. Nesse vídeo Rollemberg afirmou que não haveria redução nos postos de vigilantes. Já no presente está havendo demissões. Pegou mal...

....que as nossas investigações chegaram a 180 mil compartilhamentos desse vídeo. Não há popularidade que resista ao crivo das redes sociais. Abre o olho Rollemberg...

...que áudios em nosso poder contém um barraco entre os deputados distritais Robério Negreiros (PSDB) e Chico Vigilante(PT). O clima esquentou...

....que as ofensas foram de "desqualificados" para cima. Não chamem Chico e nem Robério para tomar aquele café da manhã. Hajas farpas...

...que Chico representa o sindicado dos vigilantes e Robério o empregador dos vigilantes. Não tem jeito, a temperatura sobe mesmo...

...que a política do DF estava muito quieta. Brisa é sempre sinal de tormenta. Tempestades com trovões à vista. Apertem os cintos...

Eita Passarinho que sabe de coisas, gente!


Brasil

CB - Moraes quer reduzir prisões
O ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, defendeu ontem mudanças na legislação para reduzir o número de prisões. O país tem uma das maiores populações carcerárias do mundo. “O Brasil prende muito, mas prende mal, porque prende quantitativamente e não qualitativamente”, disse o ministro em reunião com os 27 secretários de Segurança ontem. “Nós aplicamos a mesma pena privativa de liberdade para quem furta galinhas e pra quem pratica roubo qualificado com fuzil. Nós temos que mudar isso.”

No encontro, Moraes e os 27 secretários debateram, principalmente, a sobrecarga que atinge o sistema prisional brasileiro e vem provocando crises no setor há anos. Para o ministro, é importante que se façam revisões na legislação e nas regras das penas.


CB - Juiz manda prender acusado de estupro coletivo
O juiz da Vara de Execuções Penais do Rio, Eduardo Oberg, revogou terça-feira a liberdade condicional de Moisés Camilo de Lucena, 28 anos, conhecido como Canário. Ele é apontado como traficante e um dos acusados de envolvimento no estupro coletivo de uma adolescente de 16 anos, no Morro São José Operário, na zona oeste do Rio.

Canário responde pelos crimes de roubo e porte ilegal de calibre restrito e é suspeito de integrar um esquema de tráfico de drogas que age na região. A liberdade condicional foi concedida em fevereiro.

CB - País tem 1.551 casos de microcefalia 

Os casos confirmados de microcefalia chegaram a 1.551, segundo informações do Ministério da Saúde divulgadas ontem. Boletim da pasta com dados até 4 de junho acrescentou que 3.017 registros da má-formação em bebês permanecem sendo investigados; outros 3.262 foram descartados por apresentarem exames normais. Dentre os diagnósticos positivos, 224 tiveram confirmação laboratorial para o vírus zika. “O Ministério da Saúde, no entanto, ressalta que esse dado não representa, adequadamente, a totalidade do número de casos relacionados ao vírus. A pasta considera que houve infecção pelo zika na maior parte das mães que tiveram bebês com diagnóstico final de microcefalia”, informou a pasta.


CB - Menos grávidas têm manchas vermelhas na pele 

A Secretaria de Saúde do Rio registrou 9.651 casos de gestantes com exantema, principal sintoma da zika, doença que deixa manchas vermelhas na pele. Os casos foram detectados desde 18 de novembro, quando a notificação se tornou obrigatória no estado. Os números apontam diminuição nos casos sintomáticos nas últimas duas semanas apuradas. As notificações caíram de 145 para 50. De acordo com o relatório, a queda sugere a menor intensidade da transmissão do vírus. Entre janeiro de 2015 e 21 de maio de 2016, 61 casos de microcefalia associados a infecções congênitas foram confirmados.











Mundo










G1- Ação contra Maduro avança



Representantes da oposição venezuelana anunciaram, ontem, que o Conselho Nacional Eleitoral (CNE) reconheceu a validade de 1,3 milhão de assinaturas, seis vezes mais que o necessário para solicitar a ativação do referendo revogatório contra o presidente Nicolás Maduro. A confirmação dos números ocorre após uma série de atrasos do órgão federal e de ameaças governistas de invalidação do processo. “A partir desse processo de verificação malfeito, mal instrumentado e com a ajuda de um software absolutamente irregular, conseguiram nos tirar 600 mil assinaturas, mas nos restam mais de 1,3 milhão, com as quais é perfeitamente possível passar à segunda fase do processo”, explicou Jesús “Chuo” Torrealba, secretário executivo da coalizão opositora Mesa de Unidade Democrática (MUD).







CB - O nome na história



Embalada por uma vitória segura nas primárias de Nova Jersey, com mais de 60% dos votos, Hillary Clinton celebrou ontem a confirmação da candidatura “histórica” pelo Partido Democrata à Casa Branca, na eleição de novembro. “Pela primeira vez na história do nosso país, uma mulher serrá candidata à Presidência por um dos grandes partidos”, discursou a ex-secretária de Estado diante de uma plateia entusiasmada, em Nova York.







Economia







CB - 7,5 mil vagas para o IBGE

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) lançou o edital de concurso público com 7,5 mil vagas temporárias para o cargo de agente de pesquisa e mapeamento. É exigido nível médio e o salário oferecido é de R$ 1.250. As inscrições podem ser feitas entre 21 de junho e 19 de julho pelo site www.cesgranrio.org.br. O estado com o maior número de chances é São Paulo, com 850 vagas. O Distrito Federal tem 144.



G1 - Temer desiste de reajuste para ministros do STF

Apenas seis dias após o esforço pessoal de Michel Temer para a aprovação de 14 projetos de reajustes salariais para a quase totalidade dos servidores federais, o governo recuou e decidiu desfazer o trato com os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF). Não vai defender a validação da matéria pelo Senado — nem do aumento nem da criação de 14,4 mil cargos, que passou embutida no projeto de ajuste salarial da Suframa.



CB - Sem concursos até 2017

O ministro interino do Planejamento, Dyogo Oliveira, reforçou que o governo federal não prevê novos concursos neste ano, muito menos em 2017. Segundo ele, apesar de o Congresso Nacional ter aprovado recentemente a nova meta fiscal, que permite um deficit primário de até R$ 170,5 bilhões nas contas conjuntas de Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central, o chamado governo central, o cronograma inicial de suspensão dos certames está mantido.



CB - Presidente assume negociações



O presidente interino da República, Michel Temer, pretende negociar diretamente o impasse da dívida dos estados com a União, que está na Justiça, e deve se reunir, pela primeira vez, com os governadores amanhã, às 11h. A retomada das negociações será conduzida pelo ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, que participará do encontro.



R7 - PIB global menor

O Banco Mundial (Bird) reduziu a previsão de crescimento global em 2016 de 2,9% para 2,4%, diante do fraco desempenho das economias avançadas, dos baixos preços de produtos básicos, do comércio global fraco e da retração dos fluxos de capital.



CB - Tensão na Caixa

Nos corredores da Caixa Econômica Federal e do Banco do Brasil (BB) circulam rumores de um processo de fusão entre as instituições financeiras. O projeto, que estaria sob análise da equipe econômica prevê, que operações como seguros, cartões, crédito para empresas e varejo sejam fundidas.Seriam mantidas independentes somente as da área imobiliária. Nesse novo desenho, a Caixa se tornaria uma instituição menor, responsável somente pelo financiamento da casa própria.



G1 - Aprovado, Ilan quer levar inflação a 4,5%


Aprovado ontem pelo Senado Federal para presidir o Banco Central (BC) por 56 votos favoráveis e 13 contrários, Ilan Goldfajn assumirá o posto em meio à crise política que pode atrapalhar a votação de medidas para reequilibrar as contas públicas.
Google Plus

Por Movimento dos Comunicadores do Brasil

DF 24 Horas

0 comentários DF24HORAS:

Postar um comentário