Aeroporto de Brasília está seguro para a Olimpíada

Governador Rodrigo Rollemberg acompanhou, nesta segunda-feira (25), a última vistoria do terminal antes dos jogos na cidade

O governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, e o ministro da Justiça e Cidadania, Alexandre de Morais, durante inspeção ao aeroporto de Brasília. Foto: Renato Araújo.
O Aeroporto Internacional de Brasília Juscelino Kubitschek passou, na noite desta segunda-feira (25), pela última vistoria antes dos Jogos Olímpicos 2016. A capital federal terá sua primeira participação no evento esportivo mundial em 4 de agosto, com as partidas entre as seleções da Dinamarca e do Iraque e do Brasil e da África do Sul, no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha. Até 13 de agosto, haverá mais oito disputas.

A inspeção no sistema de segurança do terminal foi feita pelo ministro da Justiça e Cidadania, Alexandre de Morais, acompanhado pelo governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg. “Tudo o que foi planejado e organizado, não só nos aeroportos, mas no entorno e nos estádios, tudo foi cumprido”, resumiu Alexandre de Morais. “Estamos 100% prontos para receber os turistas.”

De acordo com o ministro, a Olimpíada contará com um sistema desenvolvido pela Polícia Federal, que cruza informações de turistas estrangeiros com a base de dados cedida pela Organização Internacional de Polícia Criminal (Interpol). O software detecta qualquer pessoa que já tenha tido algum registro na instituição mundial.
Movimento de passageiros no Aeroporto de Brasília durante a Olimpíada na cidade

De 1º a 22 de agosto, é esperada a movimentação de 1,1 milhão de passageiros, com 8,51 mil pousos e decolagens, dos quais 182 extras. “O aeroporto de Brasília é um dos mais modernos do País e está carregado de simbolismo para cumprir a vocação desta cidade, que é ser um grande centro de eventos”, destacou o governador Rodrigo Rollemberg. Brasília foi a primeira das seis capitais a serem vistoriadas pela equipe do ministério. Amanhã, será a vez de São Paulo.

Segundo o secretário Extraordinário de Segurança para Grandes Eventos, do Ministério da Justiça e Cidadania, Andrei Augusto Passos Rodrigues, 44 órgãos trabalharam de forma integrada para construir o planejamento para a Olimpíada. Serão 352 policiais aeroportuários da Polícia Federal em atividade e 150 agentes da Polícia Rodoviária Federal nas rodovias.

A Operação Olimpíadas começou no domingo (24) e segue até 15 de agosto. Nesse período, serão mobilizados, por dia, 4,5 mil policiais e bombeiros militares, policiais civis e agentes do Departamento de Trânsito do Distrito Federal (Detran-DF).

Comentários