Pilotos têm dificuldades para praticar motocross no DF

Das oito pistas da Capital, somente duas das abertas ao público realmente funcionam: a do Recanto das Emas e a de São Sebastião

O Distrito Federal tem duas pistas públicas para motocross em funcionamento: uma em São Sebastião e outra no Recanto das Emas. As outras pistas restantes que constam na região já são privadas. Os praticantes da modalidade reclamam da falta de recursos e viabilidade de praticar o esporte. O DF já chegou a contar com oito pistas de motocross. “A do Guará mesmo era uma, mas construíram uma quadra de futebol em cima”, relata o esportista Leonardo Cinosi. Além disso, a pista do Gama está desativada.

Entre os pilotos e organizadores de alguns dos eventos relacionados à modalidade sobra criatividade. Ivair Borges é um deles e diz que para realizar as competições precisa contatar amigos que têm o motocross como um apreço em comum, pois não há tantos patrocinadores e é preciso fazer manutenção da pista. “Corremos atrás do comércio local para conseguir patrocínio e da administração para arranjar as máquinas que arrumam a pista”, diz o piloto e organizador.

A prática do esporte exige algumas coisas a mais, como um caminhão-pipa para irrigar a pista de terra e deixá-la nas devidas condições para correr radicalmente sobre as duas rodas. “A gente se junta e faz uma vaquinha para pagar o caminhão-pipa para molhar a pista, senão não há como usá-la”, relata o competidor Luka Medeiros, de 16 anos, esportista desde os 6. O esporte é divido em categorias e os participantes concorrem conforme o tempo de experiência que têm em comum.

Caminhão-pipa preparando a terra para a competição.

No dia 8 de abril, data da última Copa realizada em Brasília, participaram cem competidores, segundo Ilma Morais, uma das organizadoras. O evento ocorreu na pista de São Sebastião. A divulgação das atividades que envolvem o esporte e outras informações ficam disponíveis na página do grupo no Facebook (“Motocross – DF” e “Motocross DF”).

Por Ludmila Castro.

Comentários