A 12ª edição da AgroBrasília realizará o inventário de suas emissões de carbono

A iniciativa visa quantificar as emissões de gases de efeito estufa emitidos durante o evento, possibilitando sua neutralização por meio do plantio de mudas nativas do Cerrado

O impacto das atividades humanas ao meio ambiente tem sido cada vez mais observado e sentido pela sociedade. A preocupação com as consequências desse efeito motivou lideranças mundiais a desenvolver mecanismos de controle, como legislações e projetos específicos para proteção ambiental. Essas iniciativas buscam o avanço e promoção do desenvolvimento sustentável. 

Um dos aspectos mais citados atualmente está ligado ao desenvolvimento acelerado das economias e indústrias mundiais, causando um aumento significativo das emissões dos Gases de Efeito Estufa, como as emissões de carbono. Esses gases são conhecidos por agravarem as mudanças climáticas, como a ocorrência de verões mais quentes e invernos mais rigorosos, maior número de enchentes, secas e incêndios florestais, aumento da intensidade e frequência de tempestades e furacões, derretimento de geleiras e calotas polares, e elevação do nível do mar. 

O inventário permitirá que o evento identifique o seu perfil de emissões de carbono, e servirá de base para calcular a quantidade de árvores necessárias para a neutralização do impacto gerado pelo evento.

O reconhecimento desses impactos e a ação voluntária compensatória são parte das ações do Plano de Sustentabilidade adotado pela Cooperativa Agropecuária da Região do Distrito Federal (Coopa/DF) para esta edição da AgroBrasília. Alinhada aos Objetivos 13 e 15 do Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030 da ONU.

As atividades de sustentabilidade desenvolvidas durante a AgroBrasília contam com a parceria de diversas instituições, entre elas o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Distrito Federal (Senar-DF) que promoverá um curso de construção de viveiros, em que será construída a estrutura que armazenará as mudas para neutralização das emissões de carbono da Feira. Além disso, os visitantes da AgroBrasília poderão ajudar a iniciativa por meio da aquisição e doação de mudas, que serão disponibilizadas pelo Projeto Pede Planta.

A cada ação de Sustentabilidade, a AgroBrasília 2019 fortalece seu compromisso com os princípios da Agenda 2030 para o desenvolvimento sustentável, assumindo sua responsabilidade socioambiental e reafirmando seu papel como impulsionador da sustentabilidade no agronegócio.
Google Plus

Por Paulo Melo

DF 24 Horas

0 comentários DF24HORAS:

Postar um comentário